Análise de REDD+: Desafios e escolhas

Análise de REDD+: Desafios e escolhas
Como ideia, REDD+ é uma história de sucesso: é uma nova abordagem que gera esperança de financiamento significativo baseado em resultados, para satisfazer uma necessidade urgente de mitigação das mudanças climáticas. A ideia tem sido suficientemente abrangente para servir como uma cúpula sob a qual uma ampla gama de atores pode desenvolver seus programas específicos.
REDD+ enfrenta enormes desafios: interesses políticos e econômicos poderosos favorecem o contínuo desmatamento e degradação florestal. Sua implementação deve ser coordenada entre vários níveis e agências do governo; os benefícios devem ser distribuídos e precisam equilibrar eficácia e capital; a insegurança e as salvaguardas do direito de ocupação devem ser verdadeiramente abordadas; e são necessárias instituições transparentes, monitoramento confiável do carbono e níveis de referência realistas para apoiar sistemas baseados em resultados.
REDD+ requer – e pode catalisar – mudanças transformacionais: novos incentivos econômicos, novas informações e discursos, novos atores e novas coligações políticas têm o potencial de desviar as políticas nacionais para uma maneira diferente de seu funcionamento habitual.
Os projetos REDD+ são projetos híbridos em áreas de altas taxas de desmatamento: os proponentes de projetos estão buscando estratégias que mesclem o cumprimento dos regulamentos e o apoio a meios de subsistência alternativos (ICPD – Projetos Integrados de Conservação e Desenvolvimento) com incentivos baseados em resultados (PSE). Os projetos tendem a estar localizados em áreas de alto índice de desmatamento e alto carbono florestal, produzindo alta adicionalidade se forem bem sucedidos.
Há opções de políticas “sem riscos”: apesar da incerteza sobre o futuro de REDD+, as partes interessadas precisam promover apoio político e coligações para a mudança, investir em sistemas de informação adequados e implementar políticas que possam reduzir o desmatamento e a degradação florestal. Todos estes aspectos são desejáveis, independentemente dos objetivos climáticos.

Authors: Angelsen, A.; Brockhaus, M.; Sunderlin, W.D.; Verchot, L.; eds

Topic: climatic change, adaptation, mitigation, REDD+

Publisher: Center for International Forestry Research (CIFOR), Bogor, Indonesia

Publication Year: 2012

DOI: 10.17528/cifor/004324


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Altmetric score:


Export Citation

Related viewing

Top