Experiência de aprendizagem: jovens silvicultores peruanos contribuem com a pesquisa sobre a castanha-do-brasil

No meio de uma floresta de castanheiras na Amazônia peruana, Hideki Kohagura Arrunatogui, estudante universitário, está trabalhando junto com o silvicultor Serapio Condori Daza. Serapio está balançando um facão e abre uma pilha de frutos de castanha-do-brasil — chamados cocos no Peru por sua semelhança aos cocos — para extrair algumas castanhas. This article was originally posted on Forests News. Click here to read the full article.
Top