A ausência de registros comerciais sinaliza ameaças às florestas de Miombo

Em 2010, Moçambique exportou cerca de US$ 49 milhões em madeira para à China. Por outro lado, as importações chinesas mostram que mais de US$ 134 milhões em madeira recebidos naquele país são provenientes de Moçambique. A discrepância de 85,4 milhões dólares é equivalente aproximadamente ao rendimento anual de mais de 194 mil meticais moçambicanos.Então, de onde provem a madeira que resulta nestas diferenças?This article was originally posted on Forests News. Click here to read the full article.
Top